Loading

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Heinkel He 115 é resgatado na Noruega



Um raríssimo Heinkel He 115 alemão foi resgatado de um fiorde norueguês após 70 anos no fundo. Agora será restaurado de volta à sua antiga glória.

O bombardeiro e torpedeiro hidroavião bimotor foi produzido na Alemanha, antes e durante a Segunda Guerra Mundial, numa série de cerca de 300 unidades. É um tesouro da guerra e foi resgatado de uma profundidade de 40 metros em Stavanger – pouco menos de 2 km do Museu de Aviação local.

Egil Endresen, representante do museu, revelou que ficou extremamente animado com a operação de resgate e recolocação em terra: “Não dormi nada na noite anterior, embora a fuselagem já tivesse sido descolada do fundo lamacento do fiorde um dia antes, tendo sido erguida até 20 metros da superfície”.

Erguer o Heinkel até a superfície foi um processo tedioso. Todo o processo se deu muito lentamente. Ninguém podia dizer com certeza quais eram as condições da fuselagem após 70 anos no fundo do fiorde. Quando o avião finalmente emergiu da água, provou-se em melhor estado do que o esperado.

Detalhes da fuselagem estavam bastante visíveis e intactos, assim como a pintura original e a estrutura das asas. “Iniciaremos agora o trabalho de restauração da aeronave. O primeiro passo é dividi-la em partes menores e imergi-las em um tanque de água fresca”, disse Endresen.

As peças ficarão imersas pelo menos por dois anos para extrair todo o sal que impregna a fuselagem. Os tanques serão localizados do lado de fora da entrada do museu, então os visitantes poderão ver as partes da fuselagem durante o processo de dessalinização.

Centenas de curiosos se juntaram para acompanhar o processo de resgate, que foi efetuado com a ajuda de voluntários do museu. Entre eles estava Tor Andreassen, que foi quem primeiro localizou o Heinkel em Hafrsfjord em 2006.

Antes de a aeronave ser colocada em terra seca, teve que ser tratada e limpa de toda a água e lama. Isso aconteceu enquanto o He 115 estava pendurado por um guindaste móvel.

Endresen disse que há grande interesse internacional no resgate do Heinkel. Ele revelou que o museu tem um bom contato com a Universidade Técnica de Berlim, o que deve facilitar o processo de restauração.

A Alemanha vendeu para a Marinha da Noruega seis exemplares do He 115 antes do começo da guerra. Um desses exemplares foi capturado pelos alemães quando da invasão do país em abril de 1940.

A aeronave resgatada, código 8L+FH, acidentou-se durante o pouso em dezembro de 1942. Ela tentou pousar após uma missão de escolta de comboio na costa de Jaeren. O pouso foi tão duro que um dos flutuadores desprendeu-se e afundou. Os alemães conseguiram salvar um dos motores antes que a fuselagem desaparecesse nas profundezas. A tripulação não se feriu no acidente.

Fonte: Aftenbladet, 2 de junho de 2012.

Confira aqui dois vídeos sobre o resgate:


Comente aqui!

Nenhum comentário: